Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

segunda-feira, outubro 15, 2007

É bala!

SÃO PAULO (de volta do Barretão) - Acabo de ver "Tropa de Elite". Se você é daqueles que gosta de tiroteio e de ação na tela, certamente vai gostar. Não tem como não gostar. E traz várias reflexões. Da "elite branca" definida por Cláudio Lembo, que sai em passeata nas ruas quando algum filho de empresário é morto "pela violência", do "Cansei", das dondocas enfadadas, dos colarinhos brancos dizendo que "todas as providências estão sendo tomadas" e dos "direitos humanos" (deveria haver também os "deveres humanos") dizendo que "isto é um absurdo, isso não pode continuar". Blá.
.
Ninguém diz nada quando o bacaninha tá lá fumando o baseadinho dele, dando o 'tirinho' dele na balada ou tomando o 'E' na rave. Ninguém faz passeata pelas crianças que entram no tráfico pra sustentar o vício da burguesia, das socialites, dos cineastas, dos intelectuais.
.
Somos um bando de hipócritas, isso sim. E tenho dito.

3 Comentários:

Blogger Diegovj disse...

Retrato fiel da palhaçada que ocorre não só no Rio de Janeiro, mas em todos os cantos desse país.

Gostei do filme, mas ele só mostra uma triste realidade, onde a violência é a única arma contra a própria violência.

Abs!

7:34 AM  
Blogger Bruno Vicaria disse...

NÚMERO DOIS, VOCÊ NÃO COMEU ESSA COMIDA DO CHÃO PORQUE FICOU COM NOJINHO? O SENHOR É MUITO FANFARRÃO!

8:39 AM  
Anonymous ediney disse...

Filme de terror, gente que vive em terror

3:03 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial