Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

sábado, março 25, 2006

Ê Paranazão...

CURITIBA (PR) (castanha, côco ou frutas?) - Sim, senhoras e senhores, estou de volta ao maravilhoso mundo das corridas. Curitiba, Paraná, cidade bonita, planejada, limpa, onde os motoboys param atrás dos carros no semáforo e tem loira de tudo quanto é lado. Tempo nublado, meio doido, chove, esquenta, chove, abre, fecha, e a gente aqui criando mofo...

Curitiba, Paraná, cidade pra onde eu quero me mudar quando ficar de saco cheio de tudo e de todos, ou quando ficar velho. Pode ser Porto Alegre também, mas Curitiba tem um algo a mais, sei lá. Enfim, vim de avião. Gol. Acho que só peguei TAM três vezes na vida. É bom que tem um lanchinho sarado. De Gol não. É tudo light. Vem o serviço de bordo e a moça (sempre bonita) oferece: "castanha, côco ou frutas?". Broxante, admito. Barra de cereal, meu?! Pô!

Ainda bem que tinha um amendoinzinho... Mas sem cerveja. Guaraná e gelo na veia.

Engraçada foi a cena na sala de embarque. O avião atrasou em uma hora, e já tinha gente dando piti com os funcionários da empresa. É sempre o mesmo naipe de perua: roupas de patricinha, jaquetinha clara, calça jeans com penduricalhos e uma bota de couro (combinando com a jaquetinha) e um salto DESSE tamanho. Engraçado que é sempre morena baixinha com cabelo alisado pela chapinha, ou pela escova japonesa. Nada contra morenas baixas (meu primo até tinha uma tara por esse tipo, mas gosto é gosto), que fique claro aqui.

Brincão de argola e a voz esgarniçada. Irritante. E sempre com o namorado bolha do lado, sem abrir a boca e cara de trouxa, com a mão no ombro dela (mão no ombro da mulher é pose de corno. Se você faz isso com sua respectiva, pare já. Ainda dá tempo de ninguém perceber).

Enfim, passei perto de uma funcionária da Gol, que já tava meio puta com a mulher com voz de taquara rachada. Passei ao lado da funcionária e cochichei: "manda ela ir de Viação Cometa". Ela começou a rir e aí que a morena perua ficou mais emputecida...

Bom, é isso. O hotel é bom, mas isso eu falo depois, porque já deu uma merda logo que entrei no quarto... Esse fim de semana vai ser assim: posts novos a todo momento, sempre narrando as peripécias curitibanas. Vão lendo acima que vou colocando mais bobagens.

Inté.

2 Comentários:

Anonymous Ju Guidolin disse...

O pior de voar de Gol é o espaço para as pernas... embora eu seja baixinha, morena e de cabelo alisado (pelo secador, que fique bem claro), meu joelho fica praticamente na minha boca!!
Imagino a cena do Cleber, piquinininho, pegando aquela poltrona da saída de emergência que não inclina, ou o último lugar!!! Ele e sua inigualável impaciência!! Pra superá-lo, só a morena com o corno nos ombros (papagaio) dando piti!

12:38 PM  
Anonymous Vivi disse...

Tomara que tu venha pra terra das gaúchas na corrida!! Aí a gente vai aprontar bastante e nada de pizzaria! Só os pubs badalados da cidade!! Vai bombaaaaaaaaar!! Aí quero ver se vai ter post todo dia falando da minha terrinha do coração! auhauhauahuahua!
Beijos!

4:13 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial