Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

segunda-feira, setembro 25, 2006

Ando irritado

SANTA BÁRBARA (Sunday bloody Sunday!...) - Acho que é porque faz tempo que não viajo. Ando irritado. Isso é estresse, caríssimos, estresse. Sabem por quê (perguntou, agora agüenta)? Eu lhes digo porque:
.
Porque eu trabalho feito um filho da puta e não tenho reconhecimento. Porque nego só taca trampo nas minhas costas e ainda tenho que ouvir papo de "política da empresa". Porque eu ralo em quatro trampos e um deles quer exclusividade, sem me pagar a mais por isso. Porque eu tenho um currículo razoavelmente bom e ninguém responde os meus e-mails.
.
Porque quanto mais eu evito usar o celular, maior vem a conta. Porque eu dei uma ralada no carro do meu pai ontem. Porque eu levei a namorada no hospital pra tratar uma cólica emergencial e vi uma garota de 13 anos chegar morta, atropelada por um filho da puta que vinha bêbado de um puteiro. Pegou ela e mais cinco na calçada.
.
Porque o tanque de álcool do meu carro só dura 360 quilômetros. Porque trabalho num lugar bom, mas que não me dá NENHUMA perspectiva de crescimento. Porque eu já tô com quase 25 anos nas costas e AINDA moro com os meus pais. Porque eu falo três línguas além do português (e tô aprendendo a quarta) e meus chefes não falam nem inglês. Porque dá a impressão de que ser honesto não vale a pena.
.
Porque eu agüento mãe, cunhada, namorada de TPM, irritadas, parentes estressados, que eu tô sumido, que só penso em namorar. Porque eu só ouço lamentação e ninguém ouve as minhas. Porque eu tenho que servir de cupido. Porque a minha mãe só fala de desgraça. Ah, fulano morreu, "você viu como mataram aquele cara?".
.
Porque quando estou sozinho em casa, minha avó fica me vigiando. Porque eu tenho pressa e meu tempo é muito mais rápido que o planeta. Porque homem também sofre de TPM.
.
Eu preciso viajar. Urgente.

2 Comentários:

Anonymous Victor Martins disse...

Tirando o carro, que não tenho, e a língua a menos, que quero fazer, a situação é praticamente a mesma. Já pensei em tudo isso em determinado momento. E a gente tem de lutar, às vezes sem forças, mas mais pelo orgulho. É foda, moleque. É foda...

8:24 PM  
Blogger Priscila disse...

ufa! força na peruca. bjks
p.s.:deixei de ser anônima, êee...

12:50 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial