Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

terça-feira, janeiro 02, 2007

Ela.

BROTAS (lei, un giorno che ricorderai, la più bella donna) - Todo mundo um dia acha o seu. Eu achei a minha. Um doce, uma doçura. Felizmente, todos nos defrontamos um dia com algo que é essencial, imprescindível para nós. Tudo se abre, tudo é tomado por uma claridade estupenda e encantadora. A recompensa por tantas cicatrizes, por tantas cabeçadas na parede, por tantos cortes, tantas lágrimas. O rumo que foi encontrado assim, sem explicação.
.
Você simplesmente acha.
.
É quando não resta dúvida nenhuma, exceto sobre o que fizemos até ali. O ultimato, um momento definitivo, do qual não há escapatória, adiamento; existe um muro que não pode ser sobreposto; não tem camuflagem, protesto, esconderijo, reversão, disfarce ou dissimulação.
.
Ela, que escancarou as janelas do meu ser com manhãs ensolaradas. Seu sorriso é o amanhecer e o crepúsculo. Seus olhos dizem tudo. Suas sardas são a soma da beleza com a timidez. Sua ausência é surda. Sua presença é gritante. Amá-la é perder a cabeça na guilhotina, é entregar os pés à espuma, é permitir a cintura subir como um chafariz, é não ter ossos nas pernas.
.
O riso que me derrete.
.
Ela é mais que um domingo. Não me importo de esperar sua TPM, de esperar no saguão do cinema segurando dois copos de refrigerante e um balde de pipoca enquanto vai ao banheiro. Não me importo quando roubas a minha coberta e se apodera de 75% do espaço da cama. Não me importo quando roubas o meu travesseiro para colocá-las entre as pernas. O tesouro e o preço que tenho de pagar, a canção que canta o verão e o arrepio que traz o outono; a fome e a ceia.

Olhos reservados e orgulhosos.

Viviane. Minha doce Viviane.

7 Comentários:

Anonymous Viviane disse...

Amor, eu amei.....Estou com lágrimas no canto dos olhos....
Te amo tanto...
Beijão

1:32 PM  
Anonymous ganso disse...

eita cara apaixonado!!

Sucesso pra nós em 2007 meu chapa, e viva os jornalistas...rs.

Abs

8:03 AM  
Anonymous Anônimo disse...

Creco,
simplesmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!

Bjo,
Lu

10:18 AM  
Anonymous valandil disse...

ê paixão....
coisa doce.
doçura.
legal, cleber.
viva intensamente!
:)

1:24 PM  
Anonymous Cleber Mata disse...

Que começo de ano empolgado. Pois é caro Berna. Já dizia o velho Lembo. "O passado nem Deus muda". Por isso, viva o presente. O legal disso tudo é saber que você merece!!!
Quantas cabeçadas demos juntos hein?
Enjoy!!!
Abração

10:18 AM  
Blogger Giselle Hoffmann disse...

Bah, guri...q coisa mais linda! Agora o difícil de saber é: quem é o mais sortudo na história? Vivi? Cleber?
Belas palavras...VIVA a tampa da panela, VIVA a metade da laranja, viva td isso! Que seja assim então ne...sempre intenso! bjos

6:38 PM  
Anonymous Leandro (lemão) disse...

mas que bela declaração hein garoto. parabens pelo texto. tenho certeza que a "dona" dele ficou super satisfeita. hehe
abraço Clébão!

11:01 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial