Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

domingo, março 26, 2006

Ai, como eu queria...

CURITIBA (PR) (outro Jack-Cola, p-l-e-a-s-e) - Eu queria muito, muito mesmo, tirar da cabeça a tristeza nostálgica das coisas que não deram certo, porque o destino não quis, ou porque errei, ou porque eu não quis antes e agora quero de volta. Eu queria abrir um pub com meus amigos mais chegados, eu queria muito falar francês decentemente, eu queria um Stilo Schumacher, eu queria fazer um treininho que fosse com um carro de Fórmula 3, eu queria meu kart de volta.

Eu queria meus CDs do Los Hermanos, eu queria que o Senna estivesse vivo e que os Mamonas ainda estivessem na estrada. Eu queria passear com a minha Akita, eu queria um colchão de molas (ou d'água!), uma cama de casal, a coleção de DVD dos seriados Friends, ER e Sienfield, eu queria um paletó risca de giz, eu queria ganhar três gravatas e um celular com MP3. Eu queria me arrepender só das coisas que eu não fiz.

Eu queria o colo da minha avó que mora longe, eu queria ficar falando de jornalismo com o meu primo que é professor e também mora longe. Eu queria morar longe pra talvez ficar perto desse povo todo. Eu queria passar frio em Rosário. Eu queria ouvir um bolero triste sentado numa cadeira velha lendo Gabriel García Marquez.

Eu queria um amor que me fizesse dormir com cafunés ou massagem nos pés. Eu queria um amor pra que eu levasse o café na cama. Eu queria um amor pra me esfregar as costas no banho. Eu queria caber esticado em uma banheira. Eu queria jogar tênis bem melhor do que jogo. Eu queria aprender a sacar. Eu queria aprender a não ser tão transparente. Eu queria falar devagar e agir rápido.

Eu queria te beijar na boca bem devagarinho lambendo os lábios primeiro, depois dar uma mordidinha leve, pra depois cheirar suavemente o teu pescoço.

Eu queria saber fazer todos os solos de guitarra do Oasis. Eu queria tocar gaita. Eu queria não ter astigmatismo. Eu queria fazer sexo a noite inteira sem me preocupar com nada. Eu queria não ter preguiça, eu queria estar na oitava série de novo, eu queria conhecer meu bisavô que não esperou mais quatro meses para que eu viesse ao mundo. Eu queria ter o que necessito, não o que quero.

Eu queria ver neve, fazer bolas e jogar na cara de alguém, fazer um boneco. Eu queria construir um castelo na areia, um carro de corrida. Eu queria que minha sobrinha fosse ainda mais grudenta comigo. Eu queria ter mais massa muscular. Eu queria que meu pai emagrecesse, porque já começou a ter problemas na coluna. Eu queria cobrir um mundial de Fórmula 1. Eu queria cobrir uma guerra.

Se alguém aí tiver alguma coisa que quero, por favor, me procure.

Do resto, tenho tudo que quero.

7 Comentários:

Anonymous Vivi disse...

Olá! Tenho uma boa e uma notícia má pra te dar... a boa é que tenho os DVDs do FRIENDS até a sétima temporada. A má é que fica difícil de emprestar pq moro em Porto Alegre e tu em Americana...rsrsrrs! Quanto ao boneco de neve... a única vez que pude tentar fazer foi em uma viagem para Copenhagen que fiz com meu pai e meu irmão. Na tentativa eu estava sem luvas e quase congelei meus dedos! ahahahaha! O máximo que saiu foi uma bolinha de neve que eu joguei sem consciência, pois foi um reflexo. Larguei pra não queimar os dedos! ahahhahaahaha!
AH, depois de tantos "Eu queria" eu tenho um pedido a fazer... Eu queria a 8ª, 9ª e 10ª temporada do FRIENDS! ahahahaha! Se alguém se habilitar é só entrar em contato comigo! ahhahaha!
Beijão!!

11:26 AM  
Anonymous Ana disse...

Quantas coisas q a gente vê com o tempo que perdeu, que devia ter aproveitado mais, que devia ter esperado menos... é complicado...
Mas acho que tudo serve de lição pra gente e que são as essas coisas que definem o que nos tornamos hoje. E o que é de material com o tempo a gente consegue tb. rsrsrsr
E quando vc arrumar as temporadas de friends, chama a gente para uma maratona!! bjos

12:06 PM  
Anonymous Rodrigo disse...

Ae feio
Vc tá cobrindo corrida em Curitiba. Eu tô cobrindo convenção do PSDB. Pode isso? Num domingo? Eu num mereço. XD
C vc kiser caber esticado numa banheira, instala uma piscina no teu banheiro.
huahuauha
kem mandou nascer cumprido?

12:13 PM  
Anonymous Ingrid disse...

Oi oncinha!
Certamente agente quer coisa d+. A vida ta passando. Ontem na palestra tive certeza que envelheci, pelo fato de ter que me policiar para toda colocação e principalmente por ter passado 10 anos que eu estava no lugar deles. Nunca mais usei cor rosa e amarela, como gostava e usava tanto naquela época (1996), e como a delícia de não se preocupar com muita coisa, a roupa por exemplo, nos permitiu ser pessoas mais interessantes hoje, pelo fato de sempre estarmos em busca de algo e pela razão de tentarmos definir tudo que acontece na nossa vida para, ou não sofrermos com os mesmos erros ou, simplesmente, guardarmos esse sentimento de conquista e felicidade para lembranças futuras. É a vida.
Ps: o cafuné eu te proponho a fazer.
Bjus.

2:01 PM  
Blogger Giselle Hoffmann disse...

Belissimo texto, como praticamente todos os outros. Tenho os lido, sim. Só nao os tenho comentado (nao digitalmente, pelo menos). Me distraiu os pensamentos aqui, pensamentos que andam como um novelo de lã todo emaranhado. Belo texto, parabens viu!
Viuuuu, eu passei aquiiiii. rss
Bjo da Gi

9:07 PM  
Anonymous Anônimo disse...

Comentário só pra massagear o ego do blogueiro, HAhaHAha...
UAU! Só tem mulher comentando seu blog. Tá bem na foto, hein?
Bjks

12:31 PM  
Blogger Diego disse...

Perfeitas colocações.

Parece que o senhor está abandonando a fase "canalha", e colocando em prática o lado sentimental. Mas quem não foi canalha um dia?
Excelente.

Abs

4:18 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial