Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

sexta-feira, maio 25, 2007

Curitiba, aí vamos nós

SÃO PAULO (arrumando as malas) - Este pobre, magro, ansioso e mequetrefe escriba e sua noiva Viviane, a Doce, embarcam amanhã cedinho para Curitiba, onde tudo começou. Pra casa do Bruno e da Josi, onde tudo começou. Pro bar mexicano Taco el Pancho, onde tudo começou.
.
Vai ser a primeira vez que Viviane, a Doce, vai subir num avião. Tô doido pra ver a cara dela.
.
Ano passado, tinha que ir à Curitiba cobrir uma corrida de Fórmula 3. E como tinha plantão pela manhã de sábado no jornal, optei por ir de carro no início da tarde. Estava sem companhia. Havia xavecado Viviane durante as duas semanas anteriores, mas com o toco sensacional que levei, tinha desistido da idéia e deixado meu amigo Luciano em stand by para me acompanhar na empreitada rodoviária.
.
Não precisou, grazie Dio. No meio do plantão, liga ela me chamando pra sair. Eu pensava na hora: "não, hoje não, cacete, hoje eu não posso! porque hoje, porquê, porquêêêê?!?!?!". Pensei melhor e chamei. "Vou sozinho e vou ficar na casa de um casal de amigos. Volto no domingo à noite. Preciso de companhia. Não quer ir junto? Vai ser legal".
.
A doida aceitou!
.
E fomos. No rádio - por opção dela, não minha - ouvíamos Brasil x França pelas quartas-de-final da Copa do Mundo. No meio do caminho, por culpa da ansiedade, paramos num Posto Graal na Régis Bittencourt. Dor de barriga me ataca sempre nesses momentos.
.
Mas consegui roubar-lhe um beijo.
.
Ao chegar em Curitiba, Josi, mais que curiosa, chega perguntando "quanto tempo faz que vocês estão juntos?". Embarassing. Expliquei a história e ela exclamou para Viviane: "Você é louca de vir com esse cara!", como se eu fosse o Maníaco do Parque.
.
O resto da história todo mundo conhece. Aquele 1º de julho foi sensacional. Faz pouco menos de um ano. E daqui a pouco mais de um ano, ela vai entrar de branco com aquela musiquinha famosa. E este pobre, magro, apaixonado, babão e mequetrefe escriba vai ter as pernas trêmulas, igualzinho naquele primeiro beijo.

2 Comentários:

Blogger Lili Cheveux de Feu disse...

foi-se.
boa viagem, queridos

9:31 AM  
Blogger Cleber Mata disse...

O Japa do nono andar.
-Então você que é o Cleber?
-Sim, ieu mesmo, respondi.
- Seja bem vindo!
- Obrigado.
A pergunta que ficou no ar?
Será que ele se referia a quem? Qual deles?
Tenho pra mim que era pra ti, o mais popular dos Cleber's dos 728 aptos e quatro mil moradores.

11:04 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial