Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

quarta-feira, janeiro 09, 2008

A baranga voltou



SÃO PAULO (ah, como é bela a arte) - Estava sem nada pra fazer em casa à noite e Cleber, o jornalista magrelo alto que tem um Polo, trabalhou no Jornal de Nova Odessa, fala rápido e não sou eu, me chamou pra ir com ele na coletiva lá no Deic. Recuperaram as duas obras furtadas no Masp.
.
Chegamos lá e estavam os dois quadros expostos e os fotógrafos disparando seus flashes. Achei estranho. No museu você não pode tirar fotos porque o flash, segundo os seguranças, pode ser nocivo às obras, avaliadas em R$ 100 milhões. Mas os fotógrafos continuavam metralhando.
.
Quando chegou o pessoal do Masp e viram os quadros, os rostos de admiração desse pessoal ligado à arte me lembrou a cara do meu irmão quando vê uma Ferrari de perto. Parecia o Santo Graal. "É um filho que volta à casa", disse uma curadora. Oh.
.
O que eu não entendo. Fizeram tanto bafafá por causa dessa baranga do quadro?
.
Arte. Vai entender.

2 Comentários:

Blogger Diegovj disse...

Credo, que velha feia...ahahaha


Abs!

9:14 AM  
Anonymous Lu de Luca disse...

concordo com vc Creco...
Arte é arte. Mas que a mulher é barangona, não tenha dúvida.

Imagina vc em casa, a noite sozinho, na penumbra, dá de cara com este quadro? to fora...rs

Bjo

6:12 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial