Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

terça-feira, maio 23, 2006

Pra vocês


SÃO PEDRO (um mais louco que o outro) - Amigo é coisa que se faz com o tempo. Amigo é coisa que se faz com dificuldade. Amigo se faz na paciência. Tenho poucos, muito poucos, mas bons amigos. Bons não. Excelentes. E nesse fim de semana eu tive a felicidade de fazer três de uma só vez. Três loucos. Tresloucados.
.
Fui fazer uma corrida de aventura em São Pedro. A expectativa era me ralar um pouco para conseguir um bom texto. Aí soube que seria encaixado numa equipe. Até aí, sem preocupação. Minto. Me preocupava a dúvida de mim mesmo: não sabia se conseguiria chegar no fim da prova. Aí, o time poderia ficar emputecido comigo. E com razão.
.
Aí, topo com esse trio aí de cima.
.
O mais engraçado foi quando eu dei de cara com eles no final da tarde de sábado. Parecia que eu já os conhecia há tempos e só fazia alguma cara que não os via. Fui recebido efusivamente. E minha empolgação ao conhecê-los foi recíproca. A amizade foi feita ali. Fomos fazer a checagem do material, fazendo piada, dando risada, sem perguntas "de onde é, o que faz, quantos anos tem, que musica curte".
.
Amigo se faz com tempo. Oito horas, foi o que eu precisei pra me apaixonar por esse trio. Das oito às 16 horas, o tempo de duração da prova. Amigo é coisa que se faz com dificuldade. Foi foda levar aquele duck em linha reta. A gente reclamava, até pensou junto em empurrar o bote a nado. Aí foi só começar a bater papo: parece que o duck foi colocado em linha reta e foi no piloto automático até seu destino. Difícil também foi ter que praticamente reaprender a andar de bicicleta e suportar as dores na bunda com aquele selim filho-da-mãe...
.
Amigo se faz na paciência. Na que tivemos quando uma sentiu tontura por falta de sal, ou o outro teve cãimbras, ou quando eu não agüentava a corrida no mesmo ritmo, ou quando esperávamos alguém que ficou pra trás de bike, quando alguém errava o caminho e voltava sem reclamar de nada; ou na perseverança, quando começava a pensar nas dores que sentia, ou na distância que faltava, ou começava a falar de comida e inventar receitas ainda sobre as bicicletas.
.
O Rodrigo, doido que só. Espírito de aventura na veia, o cara que leva o hobby mais a sério que o trabalho. Um louco profissional, federado. Um bom humor que só vendo. A Fernanda, cara de moça brava e preocupada, mas simpática ao extremo, concentrada no rendimento da turma. Uma mãe para a equipe. Nunca perde o foco. Se não fosse por ela, a gente tava ferrado. A história do amendoim confirma tudo.
.
A Anielle é só surpresa. Com essa carinha meiga - não vou falar que parece a Julia Roberts, viu! (xi... falei) - um sorriso que quase me derrubou da bike quando notei a semelhança, mesmo com a inútil réplica negativa. Chegou lá, correu, pedalou, remou. Falou pouco. Guria de poucas palavras e mãos à obra.
.
Olha, eu gosto dos meus amigos demais da conta, mas esses novos também vão pra minha galeria VIP. A expectativa foi superada sobremaneira. Ralei demais, e se não conseguir tirar da idéia um bom texto, ficam na minha memória, nessa cabecinha de pensamentos tortos, bem guardadinhas as lembranças.
.
Dizem por aí que não se faz amigos bebendo leite. Mas esses eu fiz bebendo gatorade e comendo barrinha de cereal.
.
.
.
.
* Foto tirada pelo eterno Luciano Scarso. Gordo, não te pus na foto porque a outra ficou meio cortada. Mas no meu coração estás inteiro. E Gordo. Sabes que sem ti essa aventura não teria sido a mesma.

6 Comentários:

Blogger Giselle Hoffmann disse...

amigo aventureiro?! hãm hãm??
haha
depois de muitos dias longe, eu tive q passar aqui pra deixar ao menos um "alô". Rá!
beijo grande!
Gi

10:02 AM  
Anonymous Anônimo disse...

crebão, como na música dos titâs "você é o melhor amigo dos últimos tempos do último domingo".
cara, que a nossa amizade dure milhares de vezes mais que o maldito trecho de "duck" no rio piracibaba.
abraço forte e não se esqueça:
"nunca me diverti tanto!"
rodrigo alonso

10:56 AM  
Anonymous Anônimo disse...

Oi 3x5 XV.....guerreiro de marca maior!!!! Júlia não vai.....quem mandou dizer...hehehe....´Nunca mais na minha vida vou esquecer a cena sua e o Rodrigo vindo pelo Rio Piracicaba, com o maldito duck totalmente desgovernado...cada um remando para um lado. O pior é que de longe, mais bem de longe mesmo EU tive certeza que eram vcs dois!!!! Foi show de bola!!!! Vcs mandaram muito bem no duck..hehehe
Queremos mais.....Beijo grande
Ani

4:09 PM  
Anonymous Anônimo disse...

Cleber, sou uma amiga de um dos seus amigos de infancia mais recente...rs, mas nao poderia deixar de registrar que achei muito legal a aventura de voces, principalmente pelo prazer, pela diversao e pela amizade que surgiu como consequencia.
Viu? E vc nem tava levando tanta fé assim, né?
Um abraçao,
Christina Maioli

10:26 PM  
Anonymous Vivi disse...

Sempre bom fazer novas amizades... e se tu fez amizade com esse trio é pq os 3 devem ser muito gente boa!!
Beijãoo!

7:29 AM  
Anonymous daniel disse...

Bem disse Vinícius, ao afirmar que na vida a gente não faz amigos, não os conquistamos e menos ainda os escolhemos, simplesmente os reconhecemos...

9:42 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial