Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

quarta-feira, maio 10, 2006

Valha-me, 'Padim Ciço'

SANTA BÁRBARA (acabou o café. E agora?) - Olha, nem católico eu sou, mas vou fazer esse apelo, por sua popularidade e eficiência. Padim Ciço, dá um toque pra Santo Antônio, que a coisa tá feia. Não sou súdito, mas venho como teus adoradores lá do norte, na simplicidade do desespero de causa.

Tudo bem que eu sou emocionalmente instável, tenho um geniozinho ruim, sou arrogante às vezes, minha sinceridade me atrapalha e justifico qualquer fracasso com meu complexo adolescente de patinho feio. Que eu sou exigente demais, que acho defeitos demais (e muitas vezes não olho para os meus) e depois a culpa me consome as entranhas.

Mas veja bem, padim Ciço: sou educado, trabalhador, esforçado, dedicado, razoavelmente bonitinho (ao menos, esguio, que fica bem num terno), abro a porta do carro, sou gentil, gosto de fazer uma surpresa, sou carinhoso. E muitas vezes, carente. Carente até a morte.

Eu queria muito, padim Ciço, que o senhor já fosse se organizando para me dar de aniversário (esqueça 12 de junho, mentalize 6 de novembro, que ainda dá tempo pra eu me reformar) uma paixãozinha que seja. Um flerte que acabe em um beijo bem bobo, bem devagar, com os olhos fechados e virando em suspiros, um primeiro toque acidental entre-aspas, uma surpresa de identificaçao na intenção do olhar.

Não se incomode agora, padim, só estou lhe avisando com antecedência para o senhor já ir manipulando o destino e as fatalidades do amor de modo a cruzar as linhas necessárias para o encontro. Porque, afinal, meu aniversário está longe e primeiro preciso passar incólume pelo meu inferno astral.

Não, não. Pensando bem e já caindo em contradição, seria melhor antes. O inverno está aí e sempre me vem aquele trecho da música que diz "quero que você me aqueça nesse inverno, e que tudo mais vá pro inferno". Eu quero um sábado à noite sossegado, ver filme, comer chocolate e pipoca tomando Coca-Cola, num colchão jogado no chão da sala e bem abrigado por um abraço gostoso, um colo quente e um edredon macio. Bem idiota, bem previsível, bem simples.

Só que pelo amor do teu Chefe: faça um trabalho bem feito. O senhor tem sido muito meia-boca comigo ultimamente e eu acho isso uma vergonha para uma divindade da sua estatura. Ou me faça uma boa surpresa ou nem se atreva a me mandar cupidinho incompetente, burro ou mal-intencionado fazer o serviço que o senhor faz muito melhor.

Quero voltar a cantar no chuveiro, mimar alguém com prazer, fazer e receber massagem nos pés. Porque Nietzche já disse: "Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia". Padim, me quebra essa.
.
Fico te devendo uma, meu véio.

11 Comentários:

Anonymous Lisóka disse...

Depois deste texto... vai chover candidata, não?

8:21 AM  
Blogger Giselle Hoffmann disse...

amore
che cosa hai scrito??!!
cleber, sensacional ao cubo!
Padim Ciço há de ter compaixão e atender um pedido tão fervoroso..iuahiuaha
assim seja, amém!
beijos de boa sorte!
kk
Gi

10:03 AM  
Blogger Giselle Hoffmann disse...

alias, caso isso funcione me ensina ai as tuas orações e os teus pedidos?
nada de egoismo heim!
haha

10:04 AM  
Anonymous Ana Paula disse...

Miguinho....
Vc disse T U D O!!!
Me identifiquei completamente... pus no meu profile do orkut....
Tomara q ele nos ouça.... e como eu e a Le dissemos.... a gente é bom partido!!! Ou será q nascemos bacia??? Ai, ai ai.....
Bjao

2:35 PM  
Anonymous Magda Iara disse...

Acho que vou apelar pra esse Padim Ciço ai viu......
Passar esse inverno sozinha, ai meu Deus não tinha pensado nisso antes....
E quem não quer um amor assim, não é!!!
Padim, ajuda eu aí vai!!!
Beijos

6:20 PM  
Anonymous Priscila disse...

Faço coro com vc e peço pra Padim ser benevolente contigo, comigo e com diversos fiéis-não-seguidores. Bjks

6:22 PM  
Anonymous Kell disse...

Padim Ciço, Santo Antonio.... coloquem meu pedido na fila de urgencias, pois JÁ estou no meu inferno astral.

Se bem que se for pra vir algo "meia-boca", me ERRA!!!

Só não me tire meus amigos loucos e geniosos de perto. Pelo menos esse carinho é certo!!!

8:59 PM  
Anonymous Daiane disse...

Vixi...Depois dessa apelo vejo que q perdi a mão de cupido...

8:36 AM  
Anonymous Daiane disse...

Mas incompetente, burro e mal intencionado foi exagero, não?

8:37 AM  
Anonymous Vivi disse...

Muito bom o texto!! Tb tô procurando! Se bem que dizem que é qdo a gente nem tá aí que a paixão aparece, né? Mas como diria uma música do John Mayer: "I´m tired of being alone". É, cansei desses relacionamentos efêmeros, sem sentimentos profundos que não fazem nada além de tirar o seu tempo de poder estar com alguém que realmente valha à pena.
E essa frase aqui fechou com chave de outro o texto: "Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia".
Adorei o texto e se isso funcionar vou ter que fazer uma prece tb! Ou será que ele não poderia nos abençoar nem que fosse em 6 de novembro?? Já mata 2 coelhos de uma só vez! auhauhauahuahaua!
Beijão!!

9:38 AM  
Anonymous tony duda disse...

Calma, Creber! Que desespero de causa é esse? Já mandei teu pedido por e-mail para uns jagunços meus lá do sertão para eles entregarem diretamente a cumpadre e finado Lampião. É! Ele tem uma amizade fina com o padim Ciço, embora a alma dele já tenha sido encomendada. Aí fio, ele lá se entende com Santo Antônio. Mas vou te avisando: esse coitado já está lotado de pedidos pro dia 12.

8:37 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial