Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

terça-feira, maio 16, 2006

É melhor mesmo?

AMERICANA (agora dá gosto de andar em São Paulo) - Hoje acordei com aquela sensação de vazio. De estar sem ninguém num mundo de gente. De um profundo sentimento de solidão. É daqueles casos em que se olha para o horizonte e se encontra resposta no fim de onde a vista alcança.

As sobrancelhas franzem, a cara fecha, palavras não saem e não se ouvem. E no meio do pensamento quase vazio, brota um insight de que, à beira de um quarto de século, preciso rever alguns dos meus conceitos. E desta vez aplicá-los definitivamente.
.
Bom, deixa eu voltar à minha válvula de escape: me afundar no trabalho.

1 Comentários:

Anonymous Vivi disse...

Bah, a parte mais pesada desse texto foi ter que se deparar com um quarto de século! Já me bateu a deprê aqui! hehehe! Estamos quase lá...
Tem dias que a gente acorda meio calado, tb sem querer ouvir nada mesmo... Dá vontade de sentar numa duna, olhar o mar e pensar na vida ao som de Vento no Litoral do Legião Urbana que é pra cortar os pulsos! Se a gente passa dessa fase ileso, aí as coisas tendem a melhorar! :) Acontece volta e meia, acho que é normal... ninguém tá 100% feliz ou triste, né?
Mas se te alegra, saiba que aqui poderás sempre contar com uma amiga gaúcha que te quer muito bem!!
Adoro-te!!
Beijossssssss!

9:47 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial