Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

terça-feira, junho 05, 2007

O Divórcio. Em 2 atos.

OBSERVAÇÃO: QUALQUER SEMELHANÇA COM FATOS, PERSONAGENS, LUGARES E DATAS É MERA COINCIDÊNCIA
.
1º ato.
.
Dividiram um belo sobrado por seis meses. Até que uma polpuda proposta de trabalho o fizesse mudar de cidade. Assim, cada um foi para seu lado. O outro arrumou um apartamento em um bom local, com outro amigo.
.
Duas semanas depois, antigos companheiros se encontram para acertar alguns documentos, transferências de TV a cabo, telefone, et cetera.
.
- Pô, casa legal, cara!
- Massa, né?
- Legal. Gostei.
- Ow, tenho que te devolver os garfos e as conchas da cozinha que a minha mãe empacotou achando que eram meus.
- Não, nem esquenta. Já arrumei outro.
- Bom, beleza.
- E o cachorro, já se adaptou?
- Ah, tá mijando em tudo que é canto, mas logo acostuma.
- É, tem mais espaço pra ele.
- É.
- Mas muito legal aqui.
- Viu, ficou um CD meu dentro do seu som. Depois você tira pra mim?
- Tranquilo.
- Boa, garoto. Valeu.
- Mó estranho, né?
- O que?
- Porra, parece partilha de bens de um divórcio.
- Hahahaha. Puto.
- Comédia.
- Tô acostumado. A diferença é que é o primeiro com homem.
- Sem consumação, pelo menos.
.
2º ato.
.
Amigos de longa data passam a dividir apartamento. Sofrem com a confusão dos vizinhos e colegas de trabalho, pois são xarás, têm a mesma profissão, altura, peso, problemas judiciais, ex-patrões e, como se não bastasse, problemas de dicção.
.
- Mas você também, hein!
- O quê, meu?
- Pô, fica falando aí de como era quando você morava na outra casa.
- Que que tem?
- Parece aqueles caras que ficam falando da ex-mulher.
- Você que fica falando das minhas ex-mulheres. Coisa chata, bicho!
- É, mas o bonitinho fica lembrando aí. "Quando morava com o fulano, era assim, era assado".
- Te foder! Tá com ciuminho, biba?
- Tô falando sério, amiguinho. Abre o olho!
- De novo: Te foder!
- Aqui o bicho pega, malandro.
- Pelo menos o outro era organizado. Porra, você deixou a jaqueta pendurada na porta do meu guarda-roupa!
- Você tem o quarto maior!...
- Você tem a garagem coberta, seu puto!
- Mas meu quarto é um cubículo!
- Mas minha garagem é longe pra caralho!
- Enfim.
- Enfim.
- Brahma ou Skol?
- Eu vou de Brahma.
- E eu de Skol.
- Boa.
- Saúde!
- Saúde.

5 Comentários:

Blogger Ricardo Pieralini disse...

Lucas ia fazer macarrão com a sua concha no domingo. Mas acabou o gás no meio da aventura. Comprei pizza. Cortei com a minha faca.

5:06 PM  
Anonymous ganso disse...

Em breve esse tipo de situação termina...
Já vejo o véu caminhando pela igreja...auahuaha
abs

9:00 AM  
Blogger Lili Cheveux de Feu disse...

que susto de novo, seu maluco!!!

10:12 AM  
Anonymous valandil disse...

pode ser champanhe?
um brinde ao casal C
hahahahaha

4:22 PM  
Blogger Cleber Mata disse...

Nem Brahma nem Skol. O negócio é vilho chileno importado - promoção no pão de açucar....
E viva o trézimo andar...

10:24 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial