Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

quinta-feira, junho 29, 2006

Agora é guerra!

AMERICANA (what'a fuck!) - Na minha casa nunca houve esse negócio de rivalidade entre irmãos. Só tenho um, quatro anos mais velho. Fez muita merda na vida, o que dirigiu o super-protecionismo dos meus pais diretamente a mim, que nada tinha a ver com o peixe. Meu relacionamento com o bro é ótimo, ainda mais depois que ele se casou. E me deu a sobrinha mais linda que alguém deseja ter um dia.
.
O cabeçudo ainda tem umas idéias meio fracas: tipo colocar DVD no carro. Pra quê? Além de ser contra a lei, o motorista não vai ver nada. É pura idiotice. Só não tenho um tape toca-fitas no meu carro porque não tenho saco de ficar gravando, por isso é um Cdzinho meia-boca mesmo. E bem velhinho. Mas o mané quer porque quer colocar DVD na caranga.
.
Dia 18 é aniversário dele. Sempre dei presentes bons e ganhei outros medíocres. Comecei a melhorar no presente, como que um recado, "mané, vê se capricha em novembro, senão não vou te dar porra nenhuma". Melhorou, admito.
.
No meu aniversário, sempre compro roupas ou um perfume. Minha mãe me dá alguma coisinha: roupas ou perfume, ou um par de tênis. O que está de ótimo tamanho. Ano passado ela perguntou o que eu queria. De bate-pronto, respondi que queria um Playstation.
.
Ela quase me matou. Desandou aos gritos, que onde já se viu, que eu não era mais moleque de querer videogame, que ia ficar de madrugada jogando e ia atrapalhar meu sono, que meus neurônios iam fritar, que eu ia virar um junkie viciado, drogado, que ninguém ia querer namorar comigo, que ia atrapalhar meu desempenho no trabalho, que eu seria uma escória da humanidade e qualquer outro tipo de lixo humano deplorável. Em suma, quase me esganou.
.
Eis que hoje recebo a ligação do meu irmão.
.
- O pai vai me dar o DVD.
- U2 ao vivo?
- Não, o aparelho de por no carro.
- Quê?
- É, de aniversário.
- Tu, tu, tu, tu, tu...
.
Macacos me mordam! O cara vai ganhar um DVD de por no carro! Que inutilidade! E vai ganhar do meu pai! Faz três, repito, TRÊS anos que não ganho nada de aniversário do meu pai!!! Quando pedi um playstation, quase me lincharam em casa, quase me cozinharam vivo, quase me arrancaram a pele!!! E eu pensando em dar um autorama importado pro cara...
.
Chega. Está declarada a guerra. Let the war begin.

4 Comentários:

Blogger Ricardo Pieralini disse...

Especialmente para Cleber, Roger Moreira dedica os seguintes versos: "Mas eu me mordo de ciúme." Chora não, neguinho. Esquece disso jogando videogame.

8:20 AM  
Anonymous renata ribeiro disse...

Esquece isso!
Se serve de consolo, eu acho muito cafona esse negócio de DVD no carro!!!
Beijos!

4:24 PM  
Anonymous Vivi disse...

Po, aí é dose né? Pediu guerra mesmo! rsrsrs! Mas esse negócio de videogame ser pra criança é pura besteira! Assim como carrinho de controle remoto acho que só adultos deveriam ter. Crianças estragam, não cuidam, quebram... hehehe! Sou da campanha Playstation pro Creco dia 6/11/2006! Esse ano tem que ganhar, afinal, aparelho de dvd no carro tem muito menos utilidade...
Beijosss!

6:38 PM  
Anonymous FERNANDA disse...

Pô, é verdade mesmo, que desiguldade é essa!!
e videogame não é só pra criança NÃO, meu irmão de 26 anos, casado, ganhou um playstation da própria esposa, para que diminuissem as brigas...heheeh
Então tb farei parte sou a favor de que vc ganhe um playstation no seu aniversário...he
bjos

9:21 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial