Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

quarta-feira, junho 21, 2006

com os amigos
No bar, 1 a 0 é goleada

C L E B E R B E R N U C I
cleber@liberal.com.br


de A M E R I C A N A

Ver um jogo de futebol em um bar já é motivo suficiente. Seja rodeado por amigos, ou com a namorada ou a esposa, companhias regadas com cerveja. Claro que com alguns petiscos. Quatro dias após sua inauguração, o Villa Scamboo, na Avenida Paulista, em Americana, já virou ponto de encontro de quem veste a amarelinha. Lotado, o bar contou até com a equipe de esportes da rádio VOCÊ (AM 580), que transmitiu o programa “Você no Esporte” diretamente do local, conferindo mais um atrativo à festança da torcida. O resultado, ali, foi o que menos importou.

Com um telão e vários aparelhos de TV espalhados pelas dependências, a primeira promessa que o torcedor recebia ao entrar era que, a cada gol do Brasil, uma rodada de caipirinha seria servida. “Na faixa”. Ao final da execução do Hino Nacional, ovação à esquadra que vestia camisa amarela e bermuda azul. A caipirinha demorou 44 minutos para sair. E quem deu a ordem foi Kaká, no belo chute de esquerda, de fora da área.

Durante o resto do jogo, bons momentos no ataque e muito barulho no bar: buzinas e trompetes de todos os lados faziam a farra da torcida. O placar foi magro, mas o importante foi a vitória, diziam todos. E no bar, 1 a 0 é goleada. Só que a Seleção poderia ter contribuído melhor. Com mais caipirinhas.
.
.
*Matéria publicada no jornal O LIBERAL, de Americana, no dia 14 de junho de 2006.

1 Comentários:

Anonymous vivi disse...

Tu tnha que fazer uma matéria do jogo do Brasil assistindo a partida aqui em casa! A Dona Vera, minha mãe, é uma diversão só! Não mede palavras pra xingar, torcer, gritar... é uma figura! Minha prima até pptou por ver os jogos aqui de tanto que riu! ahhahahaahhaha! Tu ia achar um sarro! hehehehe! Sem contar que a mama tá tri bem no bolão realizado pelos amigos do meu irmão!! Sabe tudo de futebol!! hehehehe!
Beijão!!

6:22 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial