Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

segunda-feira, outubro 02, 2006

Eleitor nota zero

AMERICANA (os melhores ficaram para trás) - Votei ontem. Mas foi minha passagem mais murcha por uma urna eletrônica. Votei por votar, em quem eu acreditava que poderia fazer deste país de m... um lugar melhor. Como disse o meu pai, quem deveria ter ido ao segundo turno ficou em terceiro e quarto lugar na corrida presidencial. Um lixo de país, em suma.
.
Se já votei sem esperança, mais ainda fiquei desesperançoso ao saber, na manhã seguinte, que muita gente envolvida no mensalão e no esquema dos sanguessugas foram reeleitos. Valdemar Costa Neto, José Mentor, Vadão Gomes e mais um monte por aí, reconquistaram suas cadeiras no Congresso. Puta merda, até o Collor! Paulo Maluf, Deus do céu! Serviu de muito pouco consolo o fato de Delfim Neto, Severino Cavalcante, ACM e outros cânceres da política brasileira terem ficado de fora. Vão continuar extoirquindo de uma forma ou de outra. Escolhemos quem terá a oportunidade de enriquecer às nossas custas.
.
Depois dessas me perguntam se acredito no brasileiro. Não, não acredito. Acredito na capacidade de ludibriar um pobre coitado nos cafundós do Judas com um saco de arroz ou uma cesta básica, ou pior, uma notinha de cinqüenta reais. É nisso que eu não acredito. O desespero é grande e qualquer ajuda é bem-vinda. Aí votam nesses crápulas. Por isso que as regiões mais pobres do país não saem da merda em que estão. Porque é lá que os safados conseguem a maioria de seus votos, e a baixo custo. Aproveitam-se da miséria, desespero e ignorância dos eleitores. E depois somem. Assim, ninguém vai sair da merda. Nunca.
.
Sim, é uma segunda-feira indignada. Não porque a minha sogra está na cidade, de jeito nenhum. Ela é um doce. Minha namorada é a cara dela, então é natural eu nutrir simpatia pela mãe de minha companheira. Foda é ver os candidatos bizarros sendo eleitos. Clodovil, Frank Aguiar (au!), Enéas e outros imbecis. Imbecil também é quem vota nesse tipo de gente.
.
Não acredito num país que ouve os depoimentos dos americanos do Legacy, cujo piloto desviou a rota e desligou o radar para o controle de vôo não ver, derruba um Boeing, prestam um depoimento e vão embora pra terra do Tio Sam. Se fosse o contrário, tropas de Bush invadiriam a América do Sul em busca do nosso petróleo, nossa água e nossas florestas. Ia estourar a terceira guerra mundial. Mas aqui não, aqui só ouvem o piloto e deixam ir embora.
.
E nossa é o escambau. Eu não tenho nada nesse país de merda.

2 Comentários:

Blogger Ricardo Pieralini disse...

Maestro... bravo!

12:06 AM  
Blogger Lili Cheveux de Feu disse...

Pois é... a gente sabe fazer cagada como ninguém.
Até o Frank Aguiar??? Este eu não sabia! P*** Q** P****!!!

10:41 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial