Eu escrevo e te conto o que eu vi

Um blog sobre tudo e sobre nada.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Um gajo deveras apaixonado pelo que faz. Jornalista, magro, pobre e feio. Tio da Carolina e da Gabriela, marido da Viviane. Repórter de esportes e motor, sãopaulino consciente, assessor de imprensa, fanático por automobilismo e esportes de aventura, e também freelancer, porque ninguém é de ferro.

segunda-feira, janeiro 31, 2011

Longa e justificada ausência

SÃO PAULO (não há calor impune nesta cidade) - Foram cinco meses de ausência deste espaço. É muita coisa pra administrar, inspiração zero pra escrever. Tanto que nem terminei de narrar as aventuras dos três dias finais Rally dos Sertões - aí, por falta de tempo e de internet mesmo. Bom, bastante coisa aconteceu. O ritmo de trabalho foi bem doido, e com o Twitter fica mais fácil para registrar as impressões sobre algumas coisas, além das cagadas que acontecem comigo.
.
Outra coisa, foi um certo instinto de preservação. Pois bem, quem lê este blog deste o início (de quando eu solteiro e ainda nem conhecia a minha Viviane, a Doce) acompanhou meus tempos de solteiro, de quando conheci a Viviane, de quando me mudei para São Paulo, de quando resolvemos casar, os preparativos, as viagens, etc.. Aí, depois do Sertões, eu dei uma parada.
.
Mas o que aconteceu é a sequência do que acontece quando duas pessoas se conhecem, se amam e se casam: dia 5 chega mais uma mulher na minha vida, a Lorena.
.
Acho que Deus sabe que tenho jeito com as mulheres, então resolveu me dar mais uma. A Carol e a Gabi ganham uma priminha, e se bobear já já teremos um time de handebol feminino na família Bernuci.
.
A data inicial do parto era o dia 11. Legal. 11.02.20.11. Mas por outros motivos (tudo bem com mãe e bebê, fiquem tranquilos), o médico achou mais seguro adiantar o parto para o dia 5, que é o mesmo dia da minha avó materna. E mantém uma sequência: Lorena num dia 5 (de fevereiro), eu num dia 6 (de novembro) e Viviane num dia 7 (de janeiro).
.
Enfim, depois que voltarmos para casa com a Lorena eu prometo contar mais neste espaço, as aventuras de agora um pai novo em folha.

3 Comentários:

Blogger Jorge Ramiro disse...

Cinco meses fora de São Paulo é muito. É uma ausência prolongada. Eu não pude resistir cinco meses longe de São Paulo. Mas um homem faz o que tem que fazer. Assim. O que mais eu sintiría falta: os restaurantes em sp, a comida, a noite.

2:06 PM  
Anonymous Addwin Net disse...

Kunbalik di blog saya yang kurang bagus ini tapi tentu sangat bermanfaat di Jual Skripsi

1:11 PM  
Anonymous Anônimo disse...

Greating give information for you, thanks to give up. It's excenlant post. Itupoker.Com Agen Poker Online Indonesia Terpercaya

7:40 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial